Temer pode vetar Refis de microempresas

O presidente Michel Temer recebeu de sua equipe a recomendação de veto integral do programa de refinanciamento de dívidas de micro e pequenas empresas (Refis), aprovado no final do ano passado pelo Congresso. Todos os ministérios pediram o veto.

Segundo assessores presidenciais, a tendência é que Temer acate a recomendação, principalmente porque há risco de, sancionado, o projeto representar um desrespeito à Lei de Responsabilidade Fiscal. Nesse caso, ele poderia ser alvo de um processo.

O prazo final para análise e sanção do projeto termina nesta sexta-feira (5), mas a decisão pode ser publicada no “Diário Oficial” da União de segunda-feira (8). Temer deve assiná-la no sábado (6), quando voltará de São Paulo, para onde viajou na manhã desta sexta para fazer exames médicos.

A principal recomendação de veto foi feita porque, ao aprovar o novo Refis, o Congresso, autor do texto, não fez um estudo de impacto fiscal do programa nem definiu as medidas compensatórias no Orçamento deste ano. Isso é necessário porque, a cada renúncia de receita, o Orçamento precisa prever uma compensação. Sem essas previsões, o presidente estará desrespeitando a Lei de Responsabilidade Fiscal se sancionar o texto.

Ainda hoje, em São Paulo, Temer deve se reunir com o presidente do Sebrae, Guilherme Afif, o principal articulador da aprovação da medida. Afif defendeu o projeto alegando que era preciso garantir isonomia às micro e pequenas empresas, já que as demais tiveram seu programa de refinanciamento aprovado no ano passado. Nessa conversa, Temer deve explicar ao presidente do Sebrae os motivos do veto e possibilidades de compensações para o setor.

A equipe econômica é contra a concessão deste tipo de programa, porque acaba funcionando como um estímulo ao mau pagador. A empresa deixa de pagar seus impostos sempre na expectativa de que um novo refis será aprovado, com descontos generosos em multas e juros.

Sucessivos programas foram aprovados desde os governos petistas. O Ministério da Fazenda aceitou a aprovação dos últimos Refis com o compromisso de que não seriam feitos outros a partir de agora.

Ao blog, Guilherme Afif criticou técnicos do governo que não teriam alertado o presidente da falta de previsão de medidas compensatórias no Orçamento ao Refis das micro e pequenas empresas, que, em dez anos, representaria uma renúncia fiscal de R$ 7 bilhões.

“O presidente assumiu o compromisso de votar e aprovar o projeto e, agora, tudo indica, será obrigado a vetar. Ele foi praticamente enganado”, reclamou Afif.

Afif prevê, inclusive, a possibilidade de o veto, se for confirmado, ser derrubado pelo Congresso.

Por Valdo Cruz

Ubiratan Braga

Jornalista, radialista, publicitário

8 comentários em “Temer pode vetar Refis de microempresas

  • 11 de setembro de 2018 a 12:20
    Permalink

    從肌膚深處開始滋養水潤,使紋理質感回復柔滑緊緻,造就晶瑩剔透的亮澤白晳肌膚。

    Responder
  • 13 de setembro de 2018 a 16:23
    Permalink

    Ion Magnum 是一種最新的減脂儀器,可以快速燃燒掉你身體的脂肪 , 讓你不需要做大量的體育鍛煉 , 輕鬆方便的達到專業美體的效果。 效果: 通過將你體內的脂肪轉化成肌肉,輕鬆减掉你的體重和腰圍。25分鐘的理療比健身房幾個小時的運動效果還要好! 副作用/風險: 該設備已在美國食品藥品監督管理局注册,注册分類爲醫療器械I類,I類醫療器械就是指普通人使用安全性非常好且沒有任何風險的器械。 减脂過程: 减脂板會直接固定安放於你身體的目標减肥部位,通過特殊的信號,Ion Magnum會將該部位的脂肪燃燒轉化成肌肉。(注意:該設備與你在其他沙龍中瞭解的肌肉轉化設備是完全不同的。)療程: 要想取得而保持完美的效果,一個療程需要進行10次理療,每3-7天進行一次。維持理療可以每兩周進行一次。

    Responder
  • 19 de setembro de 2018 a 08:38
    Permalink

    CLINIQUE 倩碧線上購物官網。瀏覽Clinique倩碧官方網站,了解更多線上購物、護膚、彩粧、香氛及禮品詳情。通過過敏性測試,百分百不含香料。

    Responder
  • 23 de setembro de 2018 a 00:02
    Permalink

    燒燙傷、擦傷、傷口深淺、燒傷深度、疤痕整形、疤痕手術、疤痕處理、敷料等一些相關議題、似是而非或有爭議的事項的披露與討論。

    Responder
  • 4 de outubro de 2018 a 12:44
    Permalink

    Dr.G 【臉部彩妝系列*】水份精華氣墊CC霜SPF50+PA+++ Moist Ample CC Cushion SPF50+ PA+++的商品介紹 Dr.G,臉部彩妝系列*,水份精華氣墊CC霜SPF50+PA+++ Moist Ample CC Cushion SPF50+ PA++

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>