Com moradores contra IML não será construído no Jd. Imperial, garante Taques

Durante visita às obras do novo Pronto-socorro de Cuiabá, o governador Pedro Taques afirmou que o Instituto Médico Legal (IML) não deve ser mais instalado na região do Jardim Imperial, como previsto anteriormente. Segundo o governador, a mudança atende ao anseio dos moradores da região que se manifestaram contra a instalação.

O governador disse que conversou com o secretário de Estado de Segurança Pública, Gustavo Garcia e chegaram a conclusão de que a melhor escolha é implantar a unidade em um novo local, ainda não definido.

O novo IML deve ser construído em acordo entre o Estado e iniciativa privada.

O governador Pedro Taques quer um encontro com a comunidade para anunciar oficialmente a decisão do Estado de recuar da posição de abrir o IML na região do Imperial.

Ubiratan Braga

Jornalista, radialista, publicitário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Espaço reservado para publicidade/p>