Taques garante apoio a criação da Universidade do Cerrado em Rondonópolis

O governador Pedro Taques deve reunir a classe política de Mato Grosso em Brasília para cobrar do governo federal o desmembramento do campus da UFMT de Rondonópolis para a criação da Universidade Federal do Cerrado (UFCER). Nesta terça-feira (15.12), o chefe do Executivo Mato-grossense recebeu uma comissão que luta há quase dez anos pelo desmembramento.

Enquanto senador, Pedro Taques já havia encabeçado diversas reuniões com o Ministério da Educação (MEC) para que o desmembramento fosse autorizado e o campus de Rondonópolis passe a ter autonomia administrativa/financeira. Desta vez, o governador afirmou que o Estado vai se colocar presente para que a União entenda a importância da nova universidade para Mato Grosso.

“Eu já estou engajado neste movimento, quero pedir a vocês que me convidem para os próximos atos em Brasília, e no início do próximo ano, nós vamos reunir a classe política de Mato Grosso na Capital Federal para mostrar a importância da nova universidade”, afirmou o governador.

O pró-reitor da UFMT de Rondonópolis, Javert Melo Vieira, disse que a questão está avançada, visto que já conseguiu um parecer positivo da Secretaria de Ensino Superior, do MEC, que mostra a capacidade técnica para a criação da UFCER. “No ano passado o Taques esteve conosco, fomos ao MEC mostrar a importância da nova universidade. Naquele momento, ele hipotecou o seu apoio político para que o estado tenha uma nova universidade”, comentou Vieira.

A professora Lindalva Maria Novaes, que faz parte do comitê pela criação da nova universidade, lembrou que a região Sul do Estado está em plena expansão e neste sentido é essencial, neste momento, a criação da UFCER. “A universidade tem hoje uma média de cinco mil alunos de todo país. Com a autonomia, nós teremos a abertura de mais cursos, mais projetos de expansão, mestrados e doutorados”, afirmou.

Autor do pedido da audiência com o governador, o vereador por Rondonópolis, Fábio Cardozo, destacou que o grupo luta há dez anos pela criação da UFCER. “O governador sempre nos ajudou e sobretudo neste momento em que a questão técnica já foi solucionada, então nós precisamos do apoio político do governador e já temos esse aval”, finalizou o representante do Legislativo Rondonopolitano.

Ubiratan Braga

Jornalista, radialista, publicitário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>