Fernando de Noronha proíbe uso e venda de plásticos descartáveis

Um dos mais deslumbrantes e consagrados destinos do ecoturismo mundial, Fernando de Noronha torna-se a partir de hoje o primeiro lugar do Brasil a aprovar o banimento total dos plásticos descartáveis. O Decreto assinado pelo Administrador Geral da Ilha, Guilherme Rocha, estabelece a “proibição da entrada, comercialização e uso de recipientes e embalagens descartáveis de material plástico ou similares no Distrito Estadual de Fernando de Noronha”. Na prática, a nova regra alcança garrafas plásticas de bebidas (inferior a 500 ml), canudos, copos, pratos, talheres e até sacolas plásticas descartáveis de supermercados. Também foram proibidas embalagens e recipientes de isopor (poliestireno expandido e poliestireno extrusado) e outros produtos compostos por polietilenos, polipropilenos e similares.

Deverão cumprir os termos do Decreto todos os bares, restaurantes, quiosques, lanchonetes, ambulantes, hotéis, embarcações, pousadas, entre outros. As regras também valem para os 3,5 mil moradores e os 100 mil visitantes que passam por Noronha a cada ano. ‘A ideia é que a ilha se transforme em uma plataforma de educação ambiental para todos os visitantes”, me disse Fe Cortez, da Menos1Lixo, organização que promove negócios de impacto social que ajudou a administração de Noronha a formatar o projeto. Ela se inspirou no que já existe nas Ilhas Seychelles, ao nordeste de Madagascar, onde há campanhas permanentes de substituição do plástico descartável por outros materiais. O Decreto publicado hoje no Diário Oficial de Pernambuco define que, em lugar dos plásticos descartáveis, será estimulado o uso de sacolas retornáveis/reutilizáveis, embalagens de papel, ou de materiais que sejam biodegradáveis. O artigo 4º do Decreto define seis situações em que o plástico descartável será tolerado, como no uso de seringas, tubos e recipientes de coleta de material biológico nas unidades de saúde.

O Administrador da Ilha, Guilherme Rocha, se surpreendeu com a adesão de quem vive ou trabalha em Noronha e participou das reuniões que ajudaram a formatar o projeto. O decreto estabelece prazo de 120 dias para a erradicação do plástico descartável, mas se dependesse da vontade desse grupo, 90 dias seriam suficientes. Prevaleceu a ideia de um prazo maior, para que haja tempo suficiente de encontrar no mercado boas alternativas. ”Não houve nenhuma resistência. Contamos com apoio total dos hotéis e restaurantes. A partir de 13 de abril – quando o prazo de adaptação chegará ao fim – começa a fiscalização com a aplicação eventual de multas”, me disse Guilherme.

Moradores e visitantes que descumprirem os termos do Decreto serão notificados e orientados a se adequar às novas regras. Em havendo um segundo flagrante, será aplicada multa no valor de meio salário mínimo. A partir da terceira notificação, será aplicada o dobro da última multa.

O valor aumenta se a infração for cometida por estabelecimentos comerciais. Após a primeira notificação, em caso de reincidência, a multa equivale a 3 salários mínimos. Na terceira notificação o valor é dobrado e o estabelecimento terá o alvará de funcionamento cassado por um mês. Em havendo uma quarta notificação, dobra-se o valor da multa anterior e o alvará é cassado em definitivo.

Por se tratar de uma ilha, a aplicação das regras em Noronha se dará com relativa facilidade. Já existe um movimento entre os comerciantes para unificar as compras dos materiais alternativos e assim facilitar a logística, barateando os preços. No mais, quem procura Fernando de Noronha para passear (o Parque Nacional Marinho acaba de completar 30 anos de existência) já paga uma taxa de preservação ambiental de R$ 70,66 por dia (por pessoa) para ter o direito de transitar em um dos mais espetaculares redutos da natureza na Terra. O banimento dos plásticos descartáveis em Noronha parece algo absolutamente coerente com tudo o que já se vive por lá. Que a realização desse projeto inspire outros parecidos por todo o Brasil. O que não falta por esse país é plástico descartável gerando inúmeros impactos contra a saúde e o meio ambiente. Viva Noronha!

Por André Trigueiro

Ubiratan Braga

Jornalista, radialista, publicitário

7 comentários em “Fernando de Noronha proíbe uso e venda de plásticos descartáveis

  • 14 de janeiro de 2019 a 14:22
    Permalink

    I want to show some appreciation to the writer for bailing me out of this situation. Because of browsing through the the net and meeting advice which were not helpful, I figured my life was well over. Existing devoid of the solutions to the issues you’ve sorted out by means of your website is a critical case, and the kind which may have negatively affected my entire career if I hadn’t discovered the website. Your own mastery and kindness in playing with almost everything was crucial. I am not sure what I would have done if I had not come upon such a stuff like this. I’m able to at this time look ahead to my future. Thanks a lot so much for the expert and amazing help. I won’t hesitate to suggest your blog post to any person who would like care about this area.

    Responder
  • 14 de janeiro de 2019 a 21:58
    Permalink

    I wanted to draft you a very little word to finally give many thanks yet again with the pleasing things you’ve provided in this article. It has been really extremely open-handed of people like you to grant unhampered exactly what many people could have sold as an e book to generate some dough on their own, primarily since you could possibly have done it in the event you desired. Those pointers as well acted like a fantastic way to be sure that other individuals have the identical eagerness like my own to figure out very much more in terms of this issue. I know there are many more pleasant occasions up front for individuals who view your site.

    Responder
  • 15 de janeiro de 2019 a 02:00
    Permalink

    I truly wanted to compose a small note in order to express gratitude to you for these unique strategies you are placing here. My incredibly long internet search has finally been compensated with beneficial content to talk about with my family members. I would declare that many of us site visitors are very endowed to exist in a decent community with many outstanding individuals with good basics. I feel pretty happy to have discovered your webpage and look forward to many more fun minutes reading here. Thank you once again for a lot of things.

    Responder
  • 15 de janeiro de 2019 a 07:04
    Permalink

    I simply had to thank you so much yet again. I am not sure the things I could possibly have gone through without those methods revealed by you on that situation. It had been a traumatic problem in my circumstances, nevertheless coming across a new well-written avenue you treated that made me to cry for delight. I am happy for this support and thus sincerely hope you really know what an amazing job that you’re carrying out instructing most people with the aid of your blog. Probably you have never encountered any of us.

    Responder
  • 15 de janeiro de 2019 a 16:14
    Permalink

    Thank you for each of your efforts on this web page. My mom really likes working on investigation and it is obvious why. We know all concerning the dynamic tactic you present helpful tips through the web blog and even boost participation from some others about this idea so our favorite girl is really becoming educated a lot. Take pleasure in the remaining portion of the new year. You’re the one performing a splendid job.

    Responder
  • 15 de janeiro de 2019 a 23:50
    Permalink

    Thanks for all of the efforts on this web site. My daughter loves working on investigation and it is simple to grasp why. We all know all about the dynamic method you give great items by means of the blog and in addition boost participation from website visitors on the content while our girl is undoubtedly being taught a lot. Take pleasure in the rest of the new year. You are conducting a first class job.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>